quinta-feira, 10 de maio de 2012

Dia das Mães



Uma Uma  Mulher ficou só, depois que seu esposo foi morto por  Nasista, e m favor do evangelho. Ela estava grávida já de quase nove meses, em tão foi que teve a idéia de ir para junto de sua família. Escreveu uma carta a sua família e marcou um encontro, onde seus familiares pudessem encontrá-la. Ela partiu, mas a carta atrasou,  e aquela mulher ficou ali sozinha, o frio era intenso estava nevando naquele lugar. De repente ela começou a sentir as dores de parto. Seu filho nasceu ali em meio a tanta solidão, e friagem. O frio era muito e ele começou a ficar  com as mãozinhas roxas, aquela mãe tirou a blusa e enrolou seu filho, mas ele começou a congelar. Sua mãe passou a despir-se e ficou quase nua para agasalhar seu filhinho. Aquela mulher morreu por causa da hemorragia pós parto e muito frio. A família por sua vez, só veio a chegar aquele lugar, no outro dia,  pois a carta tinha atrasado, e não achou no local indicado na carta, passando assim a procurá-la. Ao ouvir um choro de criança, passou a seguir aquele choro, até que encontrou, a mulher, morta congelada com seu filhinho enrolado em suas roupas em cima do peito dela. Eles pegaram o menino, e sepultaram a mulher ali mesmo. Levaram o menino e criaram. Quando o menino já estava com doze anos, aquela família decidiram contar, tudo o que tinha acontecido, aquele menino e como ele ficou sem mãe. Aos saber toda sua história, aquele menino saiu correndo, e a família começou a procurá-lo. Quando acharam, ele estava despido e tinha colocado suas roupas em cima da sepultura de sua mãe. E chorava agradecendo a mãe por ter morrido para protegê-lo do frio. Um dia um homem, disse “ a mulher quando está para dar a luz, sente tristeza, ao sentir as aflições das dores se parto, mas depois se alegra ao ter colocado no mundo um homem. Esse homem chama-se Jesus, que se despiu para proteger nos, se esvaziou de si mesmo derramou seu sangue numa hemorragia, morrendo num madeiro pelos nossos pecados.

quarta-feira, 18 de abril de 2012





Testemunho Davi meu presente


Na visita do Rol de Bebê a Natália, ela contou seu testemunho, do desejo e a promessa de Deus para ela ser mãe. Ela conta que teve um sonho que Deus entrava em seu quarto e a entregava um bebê, e dizia, “aqui seu filho” é para você cuidar. Quando foi no mês de agosto ela engravidou, e começou o processo da gravidez como toda mulher grávida. Quando ela voltou da visita ao avô, disse ao seu pai, "( pai meu avô está muito doente) e o pai dela disse que Deus ia levar o avô dela mas já estava providenciando alguém para preencher o seu coração. Quando foi em novembro o vovô dela morreu e sua mãe teve que viajar, para Minas Gerais para o sepultamento, e não a falou para evitar que ela se assustasse mal, dando assim algum problema na gravidez e ela passasse mal, mas ela precisou falar com a mãe dela e ligou para a casa da mãe dela, e estranhou que quem atendeu, foi um primo dela dizendo que estava tomando conta da casa da mãe dela que tinha viajado. Natália, achou estranho, pois sua mãe não iria a Minas sem falar com ela. Foi então que seu primo a falou que o avô dela havia morrido e ela passou mal, precisando ficar internada. Foi ai que começou a angústia, o esposo dela a deixou naquele hospital sozinha e quando chegou em casa chorou muito, e Deus falou com ele “por que choras?” se eu ressuscitei Lázaro morto a 4 dias , eu posso salvar seu filho . Ela perguntou ao médico o que iria acontecer e o médico a disse que ela estava abortando. Foi então que ela caiu num profundo choro, e começou a perguntar a Deus, porque esta sendo permitido acontecer aquilo com ela, foi ai que ela começou a orar e lembrou da promessa de Deus em julho, e o Senhor falou com ela em Salmos 41:3, “Quando estiver doente, o Senhor estará ao seu lado em seu leito de enfermidade e o Senhor restaurará sua doença.”. Naquela noite chegou uma senhora, com uma jovem com 17 anos grávida de 7(sete) mês de gravidez, em trabalho de parto e aquela senhora começou a conversar com ela, ela passou muita confiança para Natália, dizendo a ela que se acalmasse pois o que estava sendo gerado em seu ventre era um escolhido e ungido do Senhor. Mas não parou por ai, o Diabo continuou a artimanha dele contra a vida dela, um dia a mãe dela, ajudando ela fazer uma limpeza em casa, caiu da escada, e grande foi o livramento e a mãe dela não quebrou um osso sequer. Ela terminou seu testemunho, dizendo “creio na promessa que Deus me fez”, meu filho é para eu cuidar para ele, pois filho é herança do Senhor.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

As Futuras Mamães de 2011

Érica


Afrânia











Cristiane















Fabiana







Jane

O Milagre está para acontecer


DEPOIMENTO QUE RECEBEMOS DE IVANETE, MÃE DA BIA, NOSSA PRINCESINHA!!!
Oi querida, olha dia 6 vamos para uma consulta lá em São Paulo, pra médica nos explicar sobre o transplante pois ainda não tivemos essa conversa, ai voltamos pra cá e depois retornaremos para lá pra ai sim a Bia se Internar para fazer o transplante, olha estive no inca, por conta de uma doença que tive na infancia não posso doar sangue ai andei pesquisando e fiquei sabendo que depende do tipo posso doar medula ai me escrevi a a diretora lá me disse que esta em falta lá no inca então divulgue sim lá em São Paulo não sei como vai ser vou dia 6 e me informo ai passo pra vc beijokas e obrigado pela preocupação Bia esta muito bagunçeira graças a Deus e assim que eu tiver mais informaçãoes te aviso, fica com Deus... Quem tem amor ao próximo, está sempre disposto a ajudar. Como a Bia, outras crianças estão necessitadas desse ato generoso. Eu recomendo que reafirme o amor que tem pr eles...(2 co. 2.8)

domingo, 22 de janeiro de 2012

TR BOLOS

A escolha é sua! O que o levaria a escolher um dos nossos bolos ? "A tentação de ter o bolo mais lindo e saboroso" ou " a razão do bolo ter qualidade e beleza"...